Funpresp-Jud registra retorno maior e custos menores em 2018 comparativamente à Previdência Aberta

 In Destaques, Notícias Institucionais, Patrocinador

O Plano de Benefícios JusMP-Prev da Funpresp-Jud apresentou rentabilidade superior à da previdência complementar aberta em 2018, com 8,87%. Segundo levantamento através do Indicadores de Gestão de Investimentos (IGI), os fundos das entidades abertas tiveram retorno líquido médio de 6,74% no ano passado.

Se considerado o período de 36 meses, o retorno médio anual da Fundação foi de 11,25%, também superior ao retorno médio das entidades abertas, de 10,37%.

Outro resultado positivo a favor das entidades fechadas que participam do IGI é o custo menor das taxas dos fundos.  Se a rentabilidade é superior, outro resultado positivo são os custos diretos e indiretos da gestão dos investimentos, que são menores, apresentado pela Funpresp-Jud de 0,27% ante 0,60% das entidades abertas, segundo levantamento no IGI,.

Os custos diretos incluem taxas de gestão, performance, rebate (quando existirem), custódia, entre outros, e os indiretos se referem às taxas das cotas de fundos investidos por outros fundos das entidades.

Embora os custos influenciem no desempenho dos investimentos, a diferença entre os dois segmentos não é justificada apenas pelas taxas ou despesas de administração, aponta Marcelo Nazareth, responsável pelo levantamento do IGI e Sócio-Diretor da Consultoria NetInvest. As diferenças são explicadas também pela alocação estratégica dos ativos.

Fonte:
Acontece da Abrapp de 07/03 e Funpresp-Jud.