Funpresp-Jud retoma resultado positivo em abril

 In Destaques, Notícias Institucionais, Patrocinador

Em abril, a Funpresp-Jud alcançou o melhor resultado da história do Plano de Benefícios JusMP Prev, de 2,97%, devido à recuperação parcial dos preços dos ativos, que vêm ocorrendo desde o final de março. Já a rentabilidade real líquida atingiu 3,30% (IPCA de -0,31% no mês). Os números estão no Relatório de Investimentos divulgado nesta quinta-feira, 14 de maio. Clique aqui para ter acesso a ele, bem como aos dados sobre rentabilidade do plano, ao relatório sobre Fundos Exclusivos e à Política de Investimentos.

Depois de dois meses seguidos de resultados que refletiram a profunda crise gerada pelo Covid-19, os números positivos só foram possíveis em razão da Funpresp-Jud não ter efetuado nenhum desinvestimento em março, no auge do estresse dos mercados. A estratégia se comprovou como acertada até o momento. A Diretoria de Investimentos aproveitou o momento de estresse para realizar ajustes cautelosos nos investimentos, aproveitando taxas de retorno mais elevadas e recuperação dos preços dos ativos de Renda Fixa. Por outro lado, reforçando a prudência, elevou o nível de proteção da parcela de Renda Variável do Athena FIM (fundo de investimento exclusivo sob gestão da Fundação).

O retorno acumulado do Plano de Benefícios em 2020 ainda permaneceu negativo. Nesse sentido, ainda há um longo caminho a percorrer para voltar ao patamar positivo no ano em termos acumulados. A Fundação acredita que isso seja possível, desde que novas turbulências mais significativas não voltem a atingir os ativos financeiros no curto prazo.

É importante destacar os resultados acumulados desde o início da Fundação. O Plano de Benefício apresentou retorno acumulado de 89,10% enquanto o CDI (taxa de referência da Renda Fixa) alcançou apenas 81,42% no mesmo período. A poupança alcançou um resultado de 48,23% e o benchmark, taxa de referência do Plano de Benefícios, apresentou uma variação de 83,30%. Portanto, o resultado acumulado do Plano de Benefícios, ainda que estejamos passando pelo pior momento de mercado da história da Fundação, ainda entrega maior retorno do que sua taxa de referência (benchmark), do que a taxa de referência de Renda Fixa (CDI) e do que a poupança.

Já em termos reais (acima da inflação medida pelo IPCA), o retorno do Plano de Benefícios foi de 33,83%, equivalente a aproximadamente IPCA + 4,65% ao ano. Além disso, nos últimos quatro anos completos (2016 a 2019), o retorno do Plano de Benefícios foi de aproximadamente IPCA + 6,86% ao ano, sendo que em três desses anos a rentabilidade foi superior a IPCA + 7%.

Em razão do cenário incerto, a Funpresp-Jud continuará cautelosa na gestão dos investimentos, buscando oportunidades de forma segura e gradativa. Continua válido o registro feito no Tópico Especial do Relatório de Investimentos de fevereiro de 2020, sobre os investimentos de longo prazo. De acordo com ele, enquanto o cenário econômico permanecer instável e nebuloso, a Funpresp-Jud manterá o posicionamento de interromper a estratégia de obter maior diversificação dos investimentos do Plano de Benefícios, elevando a alocação em Renda Variável. Pode, inclusive, reduzir pontualmente os níveis de risco assumidos, aguardando momento mais adequado para retomar a maior diversificação dos investimentos.

Outro destaque do Tópico Especial que vale novo registro é que do ponto de vista do investidor de longo prazo, a recente turbulência nos mercados financeiros nada mais é do que uma ótima oportunidade para incrementar o portfólio de investimentos. Porém, é preciso analisar com cautela o melhor momento para realizar movimentos, afinal o cenário econômico permanece bastante nebuloso e desafiador.

A gestão dos investimentos pela Funpresp-Jud continuará sendo realizada de forma segura, transparente e cautelosa.