Palestra Investimentos – Precificação de ativos

 In Destaques, Eventos, Notícias Institucionais

Segundo evento faz parte do Ciclo de Palestras Funpresp- Jud 2016, ocorreu em 17 de fevereiro, na sede da Fundação

Nessa quarta-feira, teve a continuação do ciclo de Palestras da Funpresp-Jud 2016 com a Palestra do Diretor Superintendente da Fundação Itaipu Brasil de Previdência Complementar (FIBRA), membro do Conselho de Administração e da Comissão Técnica Nacional de Investimentos da Abrapp e Coordenador da Comissão Ad hoc – Precificação e Solvência da Abrapp, Sr. Silvio Renato Rangel Silveira, com o tema “Investimentos – Precificação de ativos”, em Brasília.

O evento, mais uma vez, contou com a presença de membros dos Conselhos e da Diretoria Executiva, além de integrantes do Comitê de Investimentos e Riscos e demais colaboradores da Fundação.

O palestrante iniciou mencionando o tempo no centro da visão previdenciária: “Somos avaliados no curto prazo pelos participantes, mesmo que os resultados sejam somente de longo prazo”. E frisou a importância de uma visão sistêmica nos fundos de pensão, envolvendo os aspectos atuarial, contábil, investimentos, administrativo e jurídico, para maior fluidez do trabalho.

foto1-1024x765

Demonstrou, por meio de gráficos, os tipos de investimentos, os riscos envolvidos e os cuidados que devem ser tomados. Mencionou que investimentos de longo prazo apresentam, normalmente, maior rentabilidade, porém, com maior volatilidade. Por isso, é necessário investir em educação financeira e previdenciária para que os participantes passem a entender os tipos de investimentos e seus impactos. Explicou, ainda, as diferenças sobre a marcação na curva e a mercado, destacando os pontos positivos e negativos e alertou quanto aos riscos de marcar na curva no caso de planos CD.

Abordou que a estratégia de investimentos de um jovem é diferente de um idoso, criando um desafio aos fundos de pensão no atendimento das necessidades desses públicos em uma única política de investimentos, sendo o oferecimento de perfis de investimentos uma possível solução para essa situação.

Encerrou ressaltando que a comunicação entre a entidade e o participante é fundamental e o foco deve ser na tecnologia amigável, de forma a otimizar o processo de tomada de decisão dos participantes em relação aos seus investimentos.

foto2-1024x765

Ao final, a equipe da Funpresp-Jud debateu com o palestrante e esclareceu algumas dúvidas acerca dos investimentos e do cenário econômico.

A próxima palestra terá como tema “Investimentos sob a ótica do monitoramento da Previc”, ministrada pelo Sr. Fábio Henrique de Sousa Coelho, Diretor de Assuntos Atuariais, Contábeis e Econômicos – DIACE/PREVIC.

Leave a Comment