Webinar “Migração, mais de 6.300 aderiram. E você, vai ficar de fora?” já está disponível no youtube

 In Destaques, Eventos, Notícias Institucionais, Patrocinador

O webinarMigração, mais de 6.300 aderiram. E você, vai ficar de fora?” já está disponível no canal da Fundação no YouTube e abordou, dentre vários assuntos, a rentabilidade e os investimentos do Plano de Benefícios JusMP-PREV.

O evento foi realizado em 23 de maio, em Brasília, com apresentações do Diretor de Seguridade, Edmilson Enedino das Chagas, e do Coordenador de Investimentos e Finanças, Rodrigo Almeida.

O evento contou com cerca de 150 pessoas no chat e de 45 órgãos patrocinadores de todos os Estados da Federação.

Servidores de 4 órgãos patrocinadores de Brasília (TJDFT, MPF, TRF-1 e TST), que atuam na área de gestão de pessoas e Representantes Funpresp-Jud, participaram presencialmente do encontro, que também funcionou como Café com Representantes, mais uma oportunidade para capacitar os servidores no desempenho das suas atribuições com esclarecimento de dúvidas.

Diversos temas foram tratados, tais como: com qual idade você poderá se aposentar, qual o valor projetado da sua aposentadoria na Funpresp-Jud, os números, a rentabilidade e as vantagens tributárias do Plano de Benefícios (PB) da Fundação.

O objetivo da Entidade é oferecer uma previdência complementar sólida e segura para os membros e servidores do Poder Judiciário Federal e do Ministério Público da União. Os interessados poderão aderir ao Plano de Benefícios JusMP-Prev como participante patrocinado, com direito à contrapartida da União.

O webinar é interativo, realizado pela internet, e permitiu que os apresentadores respondessem muitas perguntas da plateia e do chat, prestando esclarecimentos sobre o projeto de reforma da previdência, sobre o Plano de Benefícios JusMP-Prev, sobre como são realizados os investimentos da Fundação e uma comparação da rentabilidade e resultados do Plano em relação a outros fundos de investimentos do mercado.

Assista aqui.

Servidores que migraram de regime

Aqueles que optaram pela migração terão direito à aposentadoria limitada ao teto do RGPS e ao benefício especial, pagos pelo RPPS da União e, caso optem pela adesão ao JusMP-Prev, complementarão sua renda com o benefício pago pela Funpresp-Jud, calculado com base na reserva acumulada de suas contas individuais.

Os membros ou servidores que migraram e ainda não aderiram sofrerão perdas significativas no valor da sua renda quando se aposentarem. Se quiserem complementar suas aposentadorias, precisarão ter disciplina e conhecimento suficientes para realizar seus investimentos sozinhos, além de não contar com a contrapartida das contribuições da instituição na qual trabalham.  Se não bastassem todas essas perdas, também estarão abrindo mão da comodidade proporcionada pela adesão, pois o valor da contribuição é descontado diretamente do contracheque.

As alíquotas de contribuição para o Plano variam de 6,5% a 8,5% sobre a remuneração de participação, que é a diferença entre a o teto do INSS (R$ 5.839,45) e a remuneração recebida pelo membro ou servidor.

Até o momento, já foram realizadas mais de 6.400 adesões de membros e servidores que migraram de regime e o número total de participantes já supera a marca de 18.500.

Semana Enef

O webinar foi uma das iniciativas cadastradas na 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef), que ocorreu na semana de 20 a 26 de maio em todo o Brasil.

A Semana Enef concentra as principais ações de entidades públicas e privadas acerca do tema. Durante o evento, ocorrem diversas ações educacionais gratuitas, com o objetivo de disseminar a educação financeira, previdenciária e de seguros, além de contribuir para o fortalecimento da cidadania e da autonomia.

Em 2018, o evento foi organizado pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), aconteceram quase 7 mil ações de 280 instituições, alcançando mais de 4 milhões de pessoas em todo o Brasil. Neste ano, coube ao Banco Central a organização.

A Semana Enef é uma iniciativa do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) – formado por nove órgãos e entidades governamentais e quatro organizações da sociedade civil – para promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef).