Funpresp-Jud busca Sistema de Controle de Investimentos

 In Destaques, Notícias Institucionais, Patrocinador

A Funpresp-Jud está buscando no mercado um sistema para realização de cálculo e controle de investimentos. A licitação para contratar licença de uso de software também envolve a implantação, treinamentos, atendimento e eventuais customizações, assim como manutenções evolutivas. Clique aqui para acessar o edital.

A licitação tem como modalidade TOMADA DE PREÇOS, do Tipo TÉCNICA E PREÇO. A Sessão Pública para recebimento e início de abertura dos envelopes relativos à Habilitação e à Proposta de Preço será realizada no dia 26 de janeiro de 2021, às 10 horas, na sede da Fundação, instalada no Setor Comercial Norte, Quadra 4, Ed. Varig, Bloco B, Sala 803, em Brasília.

A contratação de uma solução específica e robusta para a realização de cálculo e controle de investimentos se tornou necessária em razão do expressivo crescimento do patrimônio gerido pela Funpresp-Jud, de aproximadamente R$ 1,2 bilhão,  assim como da atual complexidade dos investimentos da Fundação, com alocação de recursos em fundos de investimento abertos, em fundos de investimento exclusivos (de gestão própria e de gestão terceirizada) e Carteira Própria, além da diversificação entre variados segmentos.

Atualmente, a Funpresp-Jud possui um Plano de Gestão Administrativa (PGA) e um Plano de Benefícios (PB), sendo que o PB é dividido em duas carteiras, Reservas e Fundo Cobertura de Risco Extraordinário (FCBE), totalizando três carteiras. Os ativos detidos por essas carteiras são divididos entre Títulos Públicos, Títulos Privados e Fundos de Investimentos. No momento, a Funpresp-Jud aplica em Fundos de Investimento Exclusivos com Gestão própria e terceirizada, Fundos de Investimentos Abertos, além de uma Carteira Administrada. A Fundação prevê a criação de mais três Fundos de Investimento Exclusivos de Gestão Terceirizada no ano de 2021.

Por meio de suas três carteiras, a Funpresp-Jud aplica em mais de 30 fundos de investimento (abertos e exclusivos). As aplicações em fundos de investimentos da carteira Reservas e do PGA são divididas em grupos e subgrupos. O sistema contratado deverá calcular a cota de cada grupo e subgrupo, assim como o percentual de alocação detido pela Carteira.