Relatório SURPC: Patrimônio total da Previdência Complementar cresce 15,1% em 12 meses e atinge R$ 2,21 trilhões

 In Destaques, Notícias Institucionais, Patrocinador

Fonte: Blog Abrapp em Foco

O patrimônio do Regime de Previdência Complementar atingiu R$ 2,21 trilhões ao final do 2º bimestre de 2021. Esse resultado indica o crescimento de cerca de 15,1% em relação ao montante do patrimônio registrado 12 meses antes, no 2º bimestre de 2020, segundo dados do Relatório Gerencial da Previdência Complementar. O levantamento é realizado pela Subsecretaria do Regime de Previdência Complementar (SURPC) e reúne informações dos segmentos aberto e fechado. O patrimônio das Entidades Fechadas (EFPC) atingiu R$ 1,12 trilhão, o que representa crescimento de cerca de 7% em comparação com dezembro do ano passado, quando alcançava R$ 1,04 trilhão. Já o patrimônio das Entidades Abertas (EAPC) marcou R$ 1,09 trilhão ao final de abril de 2021.

Outro destaque do segmento de EFPC foi a ampliação do superávit agregado. O resultado do conjunto de planos de benefícios administrados pelas EFPC apresentou resultado superavitário, da ordem de R$ 13,49 bilhões. Apesar do período marcado pela pandemia e alta volatilidade nos mercados financeiros no ano passado, o sistema de EFPC continuar mostrando resiliência e poder de recuperação.

O Diretor Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Martins, destacou o momento virtuoso que o sistema atravessa no cenário atual. “Saímos da estagnação e voltamos a crescer. Ultrapassamos a marca de R$ 1 trilhão em patrimônio após uma recuperação fantástica em 2020”, disse durante o Encontro Regional Sul/Sudoeste da Abrapp, realizado no último dia 17 de junho (leia mais).

Pagamento de benefícios – O sistema de EFPC continua concentrando a maior parte dos pagamentos de benefícios a aposentados e pensionistas. Nos últimos 12 meses encerrados em abril de 2021, as Entidades Fechadas pagaram R$ 68,63 bilhões em benefícios. No mesmo período, as EAPC pagaram R$ 3,51 bilhões em benefícios. O total de benefícios pagos pelos dois sistemas foi de R$ 72,15 bilhões. Esse valor representa um aumento em relação aos R$ 68,79 bilhões pagos ao longo de 2020.

Clique aqui para acessar o relatório na íntegra.