Funpresp-Jud realiza primeira reunião conjunta dos Conselhos e Coaud

 In Destaques, Notícias Institucionais

Conselhos e Comitê de Auditoria (Coaud) assistem apresentação das Demonstrações Contábeis 2019

A primeira reunião conjunta dos Conselhos Deliberativo, Fiscal e do Comitê de Auditoria (Coaud) foi realizada na quinta-feira (20), na sede da Funpresp-Jud. Na ocasião, o Gerente de Contabilidade, Sérgio Cabral, fez a apresentação dos Demonstrativos Contábeis 2019. Antes disso, o Diretor de Administração, Marco Antônio Garcia, ressaltou o cuidado da Fundação com particularidades apresentadas no balanço, como a devolução do aporte inicial dos patrocinadores iniciada em 2019 e o crescimento de 120% do patrimônio sob gestão, dentre outros, apresentados de forma transparente. Ainda sobre o tema, citou a Resolução nº 32 do Conselho Nacional de Previdência Complementar (CNPC) e o trabalho que tem sido realizado para adequar todo o grau de transparência que a Fundação já possui, por exemplo, reformulando o público-alvo dos relatórios.

Durante a apresentação, Sérgio destacou o crescimento da automação dos lançamentos contábeis, que alcançou o percentual de 99,4%, dentre mais de 200 mil lançamentos e sobre a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) na Fundação, que permitirá que todos os documentos utilizados pelo balancete estejam disponíveis para os órgãos colegiados.  Também foi destacado que desde outubro de 2018 as receitas da Fundação estão acima das despesas. Também mereceu atenção o primeiro pagamento de quase R$ 6 milhões de devolução do aporte inicial, com correção monetária aos patrocinadores em novembro de 2019. Leia mais aqui.

Perguntas foram feitas pelos conselheiros durante toda a apresentação. Ricardo Cavalcante, auditor independente da VR Auditores, que assinou o relatório com opinião das Demonstrações Contábeis 2019 da Funpresp-Jud, participou da apresentação. De acordo com ele, “a Demonstração representa adequadamente a posição patrimonial e financeira sobre os seus aspectos relevantes na data de 31 de dezembro de 2019, de acordo com as normas específicas da Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc”.